Entretenimento

Aretha Franklin quer abrir 'pequeno clube' em Detroit

17/08/2017 21h07

Nova York, 18 Ago 2017 (AFP) - A cantora americana Aretha Franklin, ícone do gospel e do soul, está avaliando a possibilidade de abrir uma casa noturna em Detroit, na qual ela "cantaria de vez em quando" depois de se aposentar.

"A rainha do soul", de 75 anos, não teria que se deslocar, já que ela mora nos arredores da cidade. O local se chamaria simplesmente "Aretha's".

"Eu cantaria de vez em quando e, claro, convidaria artistas especiais, os favoritos do público de Detroit, para que atuassem", explicou o jornal local Detroit Free Press em uma entrevista concedida na quarta-feira.

A artista anunciou em fevereiro que tem pensado em se aposentar, depois de terminar a gravação de seu último álbum produzido parcialmente por Stevie Wonder.

A cantora, nascida em Memphis (Tennessee) em 1942, começou a gravar seus primeiros discos aos 14 anos na igreja de seu padre, um pastor batista.

Ao longo de sua carreira ganhou 18 prêmios Grammy graças a canções que marcaram a história do soul, como "Respect", até "I Say a Little Prayer", "Chain of Fools" e "(You Make me feel like) A Natural Woman".

Nos últimos anos tem cancelado vários shows. Em 2016 disse que seus médicos a proibiram de cantar por um doença, sobre a qual não dá detalhes.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo