Entretenimento

UE reconhece que sua proteção contra ciberataques é insuficiente

29/06/2017 10h30

Bruxelas, 29 Jun 2017 (AFP) - A União Europeia reconheceu nesta quinta-feira que a sua proteção contra ciberataques é insuficiente e destinará 10,8 milhões de euros adicionais, anunciou o comissário europeu para questões de segurança, Julian King.

"Nossa dependência de internet, de aparelhos e tecnologias conectadas excede nossa capacidade de nos proteger, e nós temos que nos proteger", disse ele em coletiva de imprensa em Bruxelas.

O comissário também anunciou que o executivo europeu irá alocar 10,8 milhões de euros adicionais a 14 membros da UE para melhorar a sua proteção. Também irá fortalecer a unidade de cibercrime da Europol.

King anunciou que a UE começará em setembro a revisar a sua "estratégia de segurança cibernética" com novas medidas.

Na terça-feira, um ciberataque semelhante ao de maio pelo 'ransomware' WannaCry, afetou empresas em todo o mundo.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Entretenimento

Topo