Entretenimento

Polícia britânica vai deter Assange se australiano deixar a embaixada equatoriana

19/05/2017 08h43

Londres, 19 Mai 2017 (AFP) - A polícia britânica anunciou nesta sexta-feira que vai deter Julian Assange, fundador do WikiLeaks, se ele abandonar a embaixada equatoriana em Londres por violar sua liberdade condicional quando se refugiou no local, um delito que pode ser punido com pena de um ano de prisão.

A justiça britânica "emitiu uma ordem de prisão de Julian Assange quando não se apresentou ao tribunal em 29 de junho de 2012", recordou a polícia em um comunicado, no qual indica que "está obrigada a executar a ordem", mas o australiano enfrentaria "um delito muito menos sério" quo de estupro, do qual foi suspeito até esta sexta-feira, quando a Suécia arquivou o processo.

"Agora que a situação mudou e as autoridades suecas interromperam a investigação neste caso, Assange continua sendo procurado por um delito muito menos grave", afirmou a polícia britânica.

A Promotoria da Suécia anunciou nesta sexta-feira o arquivamento da investigação por estupro contra o fundador do WikiLeaks, o que encerra uma saga judicial iniciada em 2010.

O ex-hacker australiano, que sempre negou as acusações apresentadas contra ele por uma sueca em agosto de 2010.

O australiano sempre denunciou uma manobra para ser extraditado posteriormente aos Estados Unidos, que se nega a confirmar se tem um processo aberto contra ele.

O temor não desapareceu e o Wikileaks acredita agora que o Reino Unido pode ser o país a enviá-lo para Washington: Londres se recusa a confirmar ou negar se recebeu um pedido de extradição por Julian Assange.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo