Entretenimento

Almodóvar diz que seria um paradoxo filme vencedor de Cannes não passar nos cinemas

17/05/2017 11h22

Cannes, França, 17 Mai 2017 (AFP) - O presidente do júri do Festival de Cannes, o espanhol Pedro Almodóvar, afirmou nesta quarta-feira que seria um paradoxo que um filme premiado com a Palma de Ouro não pudesse ser visto nos cinemas, em relação à polêmica presença de dois filmes do Netflix na competição oficial.

"Seria um enorme paradoxo que uma Palma de Ouro (...) ou qualquer outro filme premiado não pudesse ser visto em salas" de cinema, disse Almodóvar, convocando as plataformas em streaming a "aceitar as regras do jogo".

Os dois filmes do Netflix não poderão ser vistos nos cinemas da França devido a uma regulamentação nacional.

app-es/age/ma
 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo