Entretenimento

Papa Francisco pede união para superar a divisão mundial

26/04/2017 06h02

Vancouver, 26 Abr 2017 (AFP) - O papa Francisco pediu nesta terça-feira que prevaleçam os vínculos entre as pessoas para superar a divisão no mundo, em uma participação surpresa por videoconferência em um evento TED na cidade canadense de Vancouver.

Francisco se uniu ao tema dos debates deste ano, "O Futuro é Você", e afirmou que as relações e as conexões entre as pessoas permitirão que as sociedades prossigam adiante.

"O futuro é feito por vocês, é feito de encontros, porque a vida flui através das relações com outras pessoas", disse o pontífice.

"A existência de cada um está profundamente ligada a dos outros: a vida não é apenas o tempo passando, a vida é feita de interações", completou.

O papa disse esperar que, por meio deste tipo de conferência, os cidadãos recordem que precisam uns dos outros.

"O futuro da humanidade não está exclusivamente nas mãos dos políticos, dos grandes líderes, das grandes empresas", destacou Francisco.

"Sim, eles têm uma responsabilidade enorme. Mas o futuro está, em sua maioria, nas mãos das pessoas que reconhecem as outras como 'você' e elas mesmas como parte de um 'nós'", disse o pontífice.

Ao mesmo tempo, o papa expressou a esperança de que os avanços da ciência e da tecnologia ajudem a igualdade e a inclusão social.

De acordo com os organizadores do TED, esta foi a primeira vez que Francisco participou em uma conferência internacional deste tipo.

A participação surpresa foi resultado de várias viagens a Roma ao longo de um ano, informou Bruno Giussani, curador internacional do TED.

"O papa Francisco está claramente muito preocupado com a atual situação do mundo", disse Giussani.

"Há um senso de urgência em suas ações e palavras".

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Entretenimento

Topo