Entretenimento

Ecletismo domina Semana de Moda de Paris

01/03/2017 21h45

Paris, 2 Mar 2017 (AFP) - Marcas consagradas das passarelas como Maison Margiela e Lanvin compartilharam nesta quarta-feira (1º) os holofotes com a popular H&M e a jovem Neith Nyer, do estilista brasileiro Francisco Terra, em um dia eclético em Paris, em que Dries Van Noten fez seu desfile número 100.

John Galliano, diretor artístico britânico da francesa Maison Margiela, apostou em looks de aspecto inacabado, desgastados, com gorros que parecem coroas e até uma bolsa de pele usada na cabeça que lembra o chapéu usado pela guarda real britânica.

A francesa Bouchra Jarrar, de pai marroquino, desfilou sua segunda coleção com a Lanvin, marca mais francesa mais antiga em atividade, fiel ao estilo de sua fundadora Jeanne Lanvin.

Com vestidos bailarina, terninhos elegantes e casacos de listras, Jarrar disse que essa é uma "coleção perfumada de costura", de uma elegância leve e poética. Mas não faltou o toque rock, com as botas pontiagudas combinadas com jóias em forma de pássaro.

- Dries Van Noten: lá se vão 100 desfilesO desfile número 100 de Dries Van Noten lembrou as estampas favoritas do estilista belga, cheias de formas e cores vivas combinadas com looks mais sóbrios de uma elegância masculina e minimalista.

Desfilaram para Noten modelos que já trabalharam para a marca, de 20 a 40 anos, uma "celebração sem nostalgia, com poucos artifícios".

- H&M estreia no 'veja agora, compre agora'A H&M quis mostrar sua grandeza. O cantor pop/R&B The Weeknd tocou no final do desfile, ao vivo. À margem do programa oficial da Semana de Moda de Prêt-à-Porter, a gigante sueca apresentou pela primeira vez uma coleção "see now, buy now" ("veja agora, compre agora"), que oferece a possibilidade de comprar na própria temporada, em vez de esperar pelos seis meses tradicionais.

As supermodelos Gigi e Bella Hadid participaram do desfile, que reuniu as coleções feminina e masculina. Apostou no preto, no fúcsia e branco para o verão. As modelos usavam tranças, e os homens optaram por bandanas pretas nos cabelos.

- O futuro caótico de Nieth NyerO brasileiro Francisco Terra escolheu uma loja popular de segunda mão de Paris para apresentar seu quarto desfile com a marca Nieth Nyer, fora do programa oficial do evento.

Sua coleção foi inspirada no "mundo caótico" de 2083, onde se experimenta nos limites do vulgar, trabalhando por exemplo com looks em látex.

Francisco desfilou uma coleção mista de homens e mulheres em que primou pelo look vintage, com tamanhos e cores amplas como o rosa pálido e o verde.

A Semana de Moda de Paris começou na última terça-feira (21) e vai durar oito dias, onde cerca de 80 marcas de prêt-à-porter apresentarão suas coleções.

alm-app/es/cr/tt

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Entretenimento

Topo