Topo

Livros e HQs

Romance mais longo de Haruki Murakami será lançado sexta-feira no Japão

Divulgação
Imagem: Divulgação

Da AFP, em Tóquio

23/02/2017 15h38

Haruki Murakami, figura de destaque da literatura japonesa contemporânea, publicará na sexta-feira (24) no Japão seu novo romance em dois volumes, cujo conteúdo foi mantido em segredo absoluto. Até o momento, foi divulgado apenas o título do livro, que em português significa "Matar o Comendador".

"É um romance mais longo do que 'Kafka à Beira-Mar' e mais curto que '1Q84', uma história muito estranha", disse Murakami há alguns meses, durante a entrega do prêmio Hans Christian Andersen na Dinamarca.

"O autor nos informou que queria que os leitores descobrissem o livro sem saber nada, e por isso não diremos nada antes da publicação. Inclusive internamente, muito pouca gente teve acesso ao conteúdo", afirmou à AFP um porta-voz da editora Shinchosha.

Obra mais longa

Trata-se da sua obra mais longa desde "1Q84", uma trilogia cujos dois primeiros volumes foram publicados no Japão em 2009 e o terceiro no ano seguinte.

Entre "1Q84" e o novo romance, Murakami, 68, publicou "O Incolor Tsukuru Tazaki e Seus Anos de Peregrinação", o livro de contos "Homens Sem Mulheres" e o ensaio "Do que Eu Falo Quando Eu Falo de Corrida: Um Relato Pessoal".

Os livros de Murakami, traduzidos para cerca de 40 idiomas, evocam mundos fantásticos onde sapos gigantes desafiam homens assalariados e cavalas caem do céu como chuva.

Suas obras, que misturam realidade e fantasia --especialmente seus romances, que venderam milhões de exemplares apenas no Japão--, sempre criam entusiasmo no país, onde são imediatamente devorados e discutidos.

Várias livrarias em todo o país estão organizando eventos noturnos e permanecerão abertas excepcionalmente até a madrugada de sexta-feira para celebrar o lançamento, à meia-noite, do aguardado novo romance.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!