Entretenimento

'Pokémon Go' e 'Trump', entre os itens mais procurados no Google em 2016

28/12/2016 20h14

Washington, 28 dez 2016 (AFP) - O jogo de realidade aumentada da Nintendo Pokémon Go foi o item mais procurado no Google em 2016, de acordo com o relatório de tendências globais da gigante da internet, divulgado nesta quarta-feira.

O presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, ficou em terceiro lugar na lista de temas mais pesquisados do ano, atrás do iPhone 7 e na frente do ícone do pop Prince, que morreu em abril.

Mas Trump liderou a lista das pessoas mais pesquisadas do ano, na frente da sua rival de campanha, Hillary Clinton, do nadador olímpico Michael Phelps, da sua esposa, Melania, e da ginasta americana medalhista de ouro Simone Biles.

O Google publica sua lista global a cada ano, juntamente com as tendências de diferentes países, oferecendo percepções sobre os interesses dos usuários da internet no mundo todo.

A notícia mais pesquisada no Google neste ano foi a eleição nos Estados Unidos, seguida pelos Jogos Olímpicos do Rio, pelo Brexit, pelo tiroteio mortal em Orlando e pelo vírus zika.

Entre as celebridades que morreram em 2016, o mais procurado foi Prince, seguido por David Bowie, pela cantora americana Christina Grimmie, pelo ator britânico Alan Rickman e pela lenda do boxe Muhammad Ali.

Na tecnologia de consumo, o iPhone 7 encabeçou a lista de pesquisas, enquanto o segundo lugar foi do Freedom 251 - o smartphone proposto para venda na Índia a 251 rúpias (menos de US$ 4).

Em eventos esportivos globais, os internautas procuraram mais sobre os Jogos Olímpicos, seguidos pela World Series de beisebol, pelo Tour de France, por Wimbledon e pelo torneio de tênis Australian Open.

Os filmes mais procurados foram "Deadpool", "Esquadrão Suicida", "O Regresso", "Capitão América 3: Guerra Civil" e "Batman vs Superman: A Origem da Justiça", de acordo com o Google.

Entre os usuários dos Estados Unidos, o item mais procurado foi a loteria Powerball, que entregou uma bolada recorde de US$ 1,6 bilhão em janeiro.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo