Entretenimento

Trump usa Twitter para descarregar sua fúria contra Vanity Fair

15/12/2016 15h41

Nova York, 15 dez 2016 (AFP) - O presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, descarregou toda a sua fúria esta quinta-feira no Twitter contra a revista Vanity Fair por uma crítica ao restaurante Trump Grill na Quinta Avenida, em Manhattan.

"Alguém viu os números realmente pobres da revista @VanityFair? No chão, grande problema, morta! Graydon Carter, sem talento, caia fora!", tuitou Trump, conhecido por seus comentários explosivos na rede social.

No passado, Carter, o editor da revista, descreveu Trump como "um homem vulgar de dedos curtos".

A crítica, intitulada "Trump Grill poderia ser o pior restaurante dos Estados Unidos", procura adivinhar o que esse lugar revela do populista que ocupará a Casa Branca em 20 de janeiro.

O texto zomba das pretensões de grandeza tanto de Trump como do restaurante de paredes de mármore rosado localizado no lobby da Trump Tower, onde, destaca o autor, nada é o que parece e comete-se pecados como servir humus com ricota ou molho de soja com azeite trufado.

"O atrativo do restaurante, como do candidato, é que se parece com uma versão barata da riqueza", escreveu Tina Nguyen, que assinou o artigo.

"Tem pinturas afrancesadas que parecem compradas em Home Goods", um bazar barato, e "os banheiros levm os clientes a uma experiência de procura desesperada por papel higiênico em um mercado venezuelano", relata.

"E como em todos os bastiões da alta gastronomia, há um quadro-negro que anuncia duas grandes ofertas do menu", ironizou.

Sobre a comida, a crítica não é menos afiada. Os raviólis chineses estavam "flácidos, cinzentos". O bife com purê chegou à mesa "passado", como "um cadáver em uma caminhonete". Um olho de porco que a jornalista disse ter provado uma vez "tinha melhor gosto que o hambúrguer".

Nguyen reclama que nem o álcool aliviou o sofrimento. "O próprio Trump não bebe, uma possível explicação para o motivo pelo qual os coquetéis parecem ter sido criados por um calouro de faculdade experimentando em seu dormitório".

Vanity Fair se limitou a retuitar o comentário de um leitor. "Você sabe o que @realDonaldTrump não quer fazer hoje? Que você assine @VanityFair. Seria no entanto um bom presente". E junto um link para a inscrição online.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo