Entretenimento

Herdeiros de Prince processam o serviço Tidal de Jay Z

16/11/2016 14h30

Nova York, 16 Nov 2016 (AFP) - Os beneficiários de Prince processaram o Tidal, aplicativo de música em streaming do rapper Jay Z, e exigem que deixe de divulgar grande parte da discografia do músico falecido em abril deste ano.

Prince, que sempre teve uma relação complexa e às vezes tensa com a indústria musical, havia dado os direitos exclusivos para o lançamento de seu álbum "HITnRUN Phase One" ao Tidal.

Na demanda, apresentada na terça-feira em um tribunal de Minnesota, estado em que Prince residia, os beneficiários afirmam que o Tidal só tinha este direito exclusivo por 90 dias e, sobretudo, que o contrato não incluía o resto da discografia do gênio do pop.

Nem o Tidal nem a sociedade Roc Nation de Jay Z "se comunicaram" com os herdeiros para "ampliar a oferta de obras musicais de Prince no serviço Tidal", lê-se no processo.

O Tidal, serviço que compete e vem ganhando partes do mercado frente a outras companhias, não respondeu imediatamente à demanda, mas divulgou intensamente sua exclusividade sobre esse álbum e sobre o resto da discografia.

Falecido por uma overdose acidental de analgésicos, Prince não deixou testamento. Bremer Trust, encarregado dos interesses dos beneficiários, é quem buscar assegurar seus investimentos estáveis e quem negocia com os diferentes selos a futura divulgação da música do cantor.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo