Entretenimento

Morre Raoul Coutard, mítico diretor de fotografia da Nouvelle Vague

09/11/2016 06h03

Baiona, França, 9 Nov 2016 (AFP) - O diretor de fotografia francês Raoul Coutard, figura emblemática da Nouvelle Vague, que trabalhou com Jean-Luc Godard, François Truffaut e Costa-Gavras, faleceu na noite de terça-feira aos 92 anos perto de Bayona (sudoeste), anunciou sua família à AFP.

Coutard foi diretor de fotografia de alguns dos filmes franceses que marcaram a segunda metade do século XX: "Acossado", "O desprezo" e "O Demônio das Onze Horas", de Jean-Luc Godard, "Uma Mulher para Dois", de François Truffaut, "La 317e Section" e "Le Crabe-Tambour", de Pierre Schoendoerffer, "Lola, a Flor Proibida", de Jacques Demy ou "A Confissão", de Costa-Gavras.

"Raoul Coutard, 1924-2016. Adeus e obrigado", tuitou na noite de terça-feira a Cinemateca Francesa.

O cineasta, que estava doente há tempos, vivia em Boucau, perto de Bayona.

pfe-slb-jfg/pa/ra/ma

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo