Entretenimento

Prêmio literário francês Femina é concedido a Marcus Malte por 'Le garçon'

25/10/2016 12h26

Paris, 25 Out 2016 (AFP) - O prêmio francês Femina de melhor romance recompensou nesta terça-feira o escritor de 49 anos Marcus Malte por "Le garçon" (editora Zulma), anunciou o júri deste prêmio literário integrado exclusivamente por mulheres.

O romance de 500 páginas percorre a primeira metade do século XX junto a um menino sem nome.

A história se desenvolve entre 1908 e 1938, aborda a carnificina da Primeira Guerra Mundial e é, ao mesmo tempo, uma história de iniciação.

"Este livro é uma grande epopeia, uma história magnífica que ressuscita o mito do menino selvagem que chega à civilização", disse Mona Ouzouf, presidente do prêmio Femina.

O prêmio Femina de romance estrangeiro foi, por sua vez, para Rabih Alameddine, de origem libanesa, por "Les vies de papier", e o Femina de ensaio a Ghislaine Dunant por "Charlotte Delbo, La vie retrouvée" (Grasset).

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo