Entretenimento

Americanos fazem maior doação estrangeira ao Museu d'Orsay desde 1945

21/10/2016 21h12

Paris, 21 Out 2016 (AFP) - Um casal de americanos doou ao Museu d'Orsay de Paris uma coleção de quadros de artistas como Edgar Degas, Amedeo Modigliani, Pierre Bonnard, Édouard Vuillard e de Odilon Redon, entre outros, um legado que na morte dos idosos de 80 anos passará para enriquecer a pinacoteca.

"Esta doação excepcional por sua dimensão e sua coerência é a mais importante recebida pelos museus franceses de um doador estrangeiro desde 1945", comemorou nesta sexta-feira o ministério da Cultura.

O lote é avaliado em 350 milhões de euros (381 milhões de dólares), mas continua revalorizando-se, indicou o ministério.

A coleção do casal Hays inclui 600 obras da metade do século XIX e da primeira metade do século XX.

Uma primeira doação de 187 obras, com valor estimado em 173 milhões de euros, será formalizada no sábado em Paris, uma cerimônia que contará com a presença do presidente François Hollande.

Spencer e Marlene Hays, casal originário do Texas, colocaram como condição que a coleção, que tem uma coerência interna, seja apresentada em um espaço especial.

A mostra ficará exposta em um ambiente de 900 m2.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo