Topo

Entretenimento

Joan Baez considera que Nobel aproxima Dylan da 'imortalidade'

Fred Tanneau/AFP
22.jul.2012 - Bob Dylan em show na França Imagem: Fred Tanneau/AFP

Nova York (EUA)

13/10/2016 23h06

A cantora americana Joan Baez, uma das colaboradoras mais próximas de Bob Dylan, declarou que o Prêmio Nobel de Literatura atribuído à lenda do rock o aproxima da "imortalidade".

"O Prêmio Nobel de Literatura é outro passo para a imortalidade de Bob Dylan", escreveu Baez no Facebook.

"O rebelde, solitário e imprevisível compositor é com justiça um Prêmio Nobel de Literatura", declarou Baez sobre o reconhecimento, que surpreendeu por se tratar de um músico.

Baez, cantora folk que ajudou a tornar Dylan popular no início dos anos 60, considera que seu "dom para as palavras é insuperável".

"Do meu repertório ao longo de 60 anos, nenhuma canção foi tão comovedora, valiosa em sua profundidade, furiosa, misteriosa e bela com as de Bob".

Baez e Dylan tiveram um relacionamento amoroso que terminou com uma dolorosa separação durante uma turnê pela Inglaterra, em 1965.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento