Topo

Entretenimento

Justiça francesa abre investigação por roubo de joias de Kim Kardashian

12/10/2016 09h03

Paris, 12 Out 2016 (AFP) - O Ministério Público francês abriu uma investigação judicial pelo roubo de joias sofrido pela estrela de reality show americana Kim Kardashian no início de outubro em Paris, indicaram nesta quarta-feira fontes judiciais.

A investigação por "roubo armado em grupo organizado, associação para delinquir e sequestro" ficou a cargo de um juiz de instrução de Paris.

Na madrugada de 3 de outubro, Kardashian foi assaltada em uma luxuosa residência hoteleira de Paris, onde estava para acompanhar os desfiles da Semana de Moda da capital francesa.

Os cinco ladrões algemaram e amordaçaram Kardashian e depois roubaram joias no valor de nove milhões de euros.

A polícia encontrou vários vestígios de DNA na residência que estão sendo analisados, disse à AFP uma fonte próxima à investigação.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento