Topo

Entretenimento

Poeta sírio Adonis ganha prêmio da Fundação Príncipe Pierre de Mônaco

05/10/2016 18h34

Paris, 5 Out 2016 (AFP) - O poeta libanês de origem síria Adonis, considerado um dos maiores poetas árabes contemporâneos e citado com frequência como possível ganhador do Nobel de Literatura, recebeu nesta quarta-feira (5) o prêmio literário da Fundação Príncipe Pierre de Mônaco.

No valor de 15.000 euros, o prêmio lhe foi concedido "pelo conjunto de sua obra".

Nascido sírio em 1930 e naturalizado libanês, Adonis, pseudônimo de Ali Ahmad Said Esber, realizou uma obra importante, com a qual obteve um amplo reconhecimento no mundo árabe e em outros lugares.

Ensaísta, escritor, pintor, jornalista e acadêmico, ele se define principalmente como um poeta e como um homem místico para quem Deus é imaginação. Adonis mora em Paris desde 1985.

Após cinco anos de um conflito sírio que já custou mais de 300.000 vidas, o poeta é crítico com os Estados Unidos, com os europeus e com os russos, que são, segundo ele, obnubilados "pela chama do petróleo e pela fumaça do gás".

Desde o final dos anos 1990, Adonis desenvolve uma obra gráfica multifacetada, com desenhos adornados com caligrafia árabe, assim como com tintas e colagens, entre outras expressões artísticas.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento