Entretenimento

Menino espanhol gastou EUR 100.000 de publicidade on-line do Google por engano

05/10/2016 09h25

Madri, 5 Out 2016 (AFP) - O Google estimou nesta quarta-feira que um menino espanhol de doze anos cometeu um erro de forma inconsciente e por isso perdoou uma dívida de 100.000 euros que ele contraiu ao contratar publicidade on-line, buscando a fama de sua banda de música.

José Javier, estudante de Torrevieja, província de Alicante (leste), criou em agosto uma conta em uma ferramenta do Google chamada AdWords, com a ideia de ganhar dinheiro com vídeos musicais no YouTube, mas o que realmente fez foi comprar espaços publicitários.

Uma fonte do Google indicou à AFP que a empresa entende que "tudo foi um erro e que (o jovem) fez isso de maneira inconsciente, um menino de doze anos não quer gastar 100.000 euros (112.000 dólares)".

O Google, o gigante da internet dono do YouTube, anunciou na véspera que não havia "recebido dinheiro por parte deste usuário" e que cancelava o "saldo pendente do AdWords", em um comunicado no qual não explicava a razão.

A ferramenta AdWords permite desenvolver uma campanha na internet ao inserir publicidade em conteúdos de páginas como YouTube, mas o usuário precisa ser maior de idade para criar uma conta.

"Pensava que estava ganhando dinheiro, e não o contrário (...) e queria comprar instrumentos" para a banda na qual toca trompete, Los Salerosos, explicou ao jornal El País a mãe de José Javier, Inma Quesada.

O jovem associou o AdWords a um conta bancária em seu nome que sua família havia aberto para que ele poupasse dinheiro, o que permitiu alertar os pais quando o banco telefonou para informar sobre as cobranças.

A fonte do Google indicou não ter conhecimento de que tenha ocorrido antes um caso como este na Espanha.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo