Entretenimento

Polícia turca interrompe exibição de um dos principais canais pró-curdo

04/10/2016 09h06

Istambul, 4 Out 2016 (AFP) - A polícia turca ocupou nesta terça-feira a sede de um dos principais canais de televisão pró-curdo em Istambul e interrompeu a exibição dos programas.

Dezenas de jornalistas da emissora IMCTV estavam reunidos na redação e na sala de controle quando os policiais interromperam a exibição dos programas, de acordo com imagens exibidas ao vivo.

"Nunca vão calar a imprensa livre", gritavam os funcionários do canal antes da interrupção dos programas.

Ao meio-dia, a emissora não exibia mais a programação, mas os jornalistas se expressavam por meio do aplicativo Periscope nos telefones celulares.

Ao mesmo tempo, centenas de mensagens de solidariedade aos jornalistas circulavam pelas redes sociais.

A IMCTV, fundada em 2011, recebeu na semana passada uma notificação para o encerramento de suas atividades, relacionado à investigação após o golpe de Estado frustrado de 15 de julho.

A decisão judicial envolve 12 emissoras de TV suspeitas de vínculos com o Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) e de apoiar o "terrorismo".

Depois da decisão, o canal foi retirado do satélite turco, mas continuava transmitindo seus programas on-line e com o satélite europeu Hotbird.

fo-bat/fp

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo