Topo

Entretenimento

National Gallery de Londres é acusada de posse irregular de obra de Matisse

Reprodução
"Retrato de Greta Moll", de Henri Matisse Imagem: Reprodução

De Londres (Reino Unido)

09/09/2016 20h55

A National Gallery de Londres se negou nesta sexta-feira a restituir um quadro de Matisse aos descendentes de uma modelo do pintor francês, que apresentaram uma ação judicial contra o museu questionando a validez do título de propriedade da obra.

Pintado em 1908, o "Retrato de Greta Moll" é reivindicado por três descendentes de Margaret Moll, aluna do artista francês que, segundo a National Gallery, posou durante cerca de trinta horas para a realização da obra.

Os três descendentes apresentaram na quarta-feira uma ação judicial em um tribunal de Nova York para obter a restituição da obra. Caso não seja devolvida, eles pedirão no mínimo 30 milhões de dólares de indenização, informou à agência France Press o seu escritório de advocacia, Rowland & Petroff.

O quadro faz parte da herança familiar e foi "perdido" por Greta Moll após a Segunda Guerra Mundial, indicaram os demandantes em um comunicado transmitido pelos seus representantes legais.

Margaret Moll "nunca vendeu nem transferiu o título de propriedade a ninguém, de modo que (a obra) pertence aos seus descendentes", acrescentaram.

A National Gallery, um estabelecimento público autônomo, afirmou que comprou a obra em 1979 de uma galeria londrina, e que dispõe devidamente do título de propriedade, segundo um comunicado enviado na sexta-feira à AFP.

O museu disse também que realizou, no momento da aquisição, as investigações necessárias para verificar a origem da obra.

Evocando o argumento dos herdeiros de que a tela foi roubada de Greta Moll em 1947, tornando qualquer aquisição posterior fraudulenta, a National Gallery considerou que esses fatos "não foram provados" - e que, mesmo que fossem, o museu "não seria obrigado a restituir a pintura".

Aberta 361 dias ao ano na Trafalgar Square, no coração da capital britânica, a National Gallery expõe uma ampla coleção de pinturas, principalmente de entre os séculos XIII e XIX, e recebe mais de seis milhões de visitantes anualmente.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento