Topo

Entretenimento

Twitter bloqueia o youtuber PewDiePie após piada sobre o EI

01/09/2016 11h00

Paris, 1 Set 2016 (AFP) - "Eu mesmo e Jack ScepticEye nos unimos ao Daesh", brincou PewDiePie, o youtuber mais famoso do mundo com 47 milhões de fãs, o que levou o Twitter a suspender de forma temporária sua conta na quarta-feira.

O jovem sueco, cujo nome verdadeiro é Felix Kjellberg, divulgou um vídeo para explicar como o público realmente acreditou que ele havia se unido ao grupo extremista Estado Islâmico (EI, ou Daesh).

A confusão surgiu por sua revolta contra as "contas verificadas" do Twitter, que têm um logo azul para garantir que pertencem realmente a se proprietário. Estas contas geram notificações automáticas nos smartphones.

Cansado porque milhares de internautas clicavam em sua conta para chamar sua atenção, PewDiePie decidiu eliminar a certificação de sua própria conta. Ao invés do logo azul, incluiu um pequeno globo azul.

Uma página falsa da Sky News, com o mesmo nome da emissora de televisão, "enviou um tuíte afirmando que eu não tinha conta verificada por minhas supostas relações com o Daesh", explica.

Sem imaginar que poderia ser levado a sério, PewDiepie retuitou a mensagem da página falsa com uma fotomontagem de seu rosto sorridente diante de um grupo de jihadistas.

"Ninguém entendeu a piada (...) Começaram a pensar que havia me unido ao Daesh", disse, depois de receber várias mensagens dos fãs.

"Esta conta (Skynews) era logicamente falsa e não verificada. Ninguém viu. Isto demonstra até que ponto a verificação é eficaz", concluiu.

Durante quase uma hora na quarta-feira a conta do youtuber foi suspensa, ao mesmo tempo que a hashtag #savepewdiepie era utilizada pelos fãs.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento