Topo

Entretenimento

Acusado de assédio sexual, diretor da Fox News pede demissão

21/07/2016 21h24

Nova York, 22 Jul 2016 (AFP) - Acusado de assédio sexual por uma ex-apresentadora de televisão, o diretor-geral da rede americana Fox News, Roger Ailes, renunciou ao cargo, que será assumido pelo diretor da matriz 21st Century Fox, Rupert Murdoch - informou a empresa nesta quinta-feira (21).

A saída de Ailes tem efeito imediato, de acordo com o comunicado divulgado pela 21st Century Fox.

A notícia chega duas semanas depois de Ailes ter sido denunciado pela apresentadora Gretchen Carlson, que se queixou de ter sido demitida por rejeitar as propostas sexuais do diretor.

O comunicado da Fox News não menciona a denúncia, nem analisa os argumentos que a motivaram.

Murdoch, de 85 anos, fundador do império global de telecomunicações, transmitiu no ano passado o controle das operações de seu império a seus dois filhos.

"Roger Ailes fez importantes contribuições à nossa companhia e ao nosso país", disse Murdoch no comunicado.

"Roger compartilhou minha visão de ter uma organização televisiva grande e independente e a executou de maneira brilhante durante 20 anos", acrescentou o magnata.

Ele disse ainda que segue comprometido com garantir que "a For News continue sendo uma voz poderosa e de destaque".

Ailes, um ex-assessor de presidentes republicanos, foi por muito tempo uma figura-chave do império midiático de Murdoch.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento