PUBLICIDADE
Topo

Filme finlandês em preto e branco ganha prêmio Um Certo Olhar em Cannes

21/05/2016 17h25

Cannes, França, 21 Mai 2016 (AFP) - O filme "O dia mais feliz da vida de Olli Mäki", do diretor finlandês Juho Kuosmanen,, ganhou neste sábado o prêmio da seção Um Certo Olhar do Festival de Cannes.

Este é o primeiro filme de Juho Kuosmanen, de 36 anos.

Em preto e branco, o filme se baseia na história real de um pretendente ao título de campeão mundial de peso pena do boxe no começo dos anos 1960.

No início de sua carreira, o boxeador teve a chance de lutar contra um americano, campeão do peso pena, e perdeu, rapidamente, diante de um público numeroso.

O diretor disse ter tomado como referência o clima do cinema verdade dos anos 1960, um estilo documentário que tenta captar diretamente o real, com uma câmera leve.

O júri concedeu o prêmio a um filme "de uma graça infinita, uma originalidade incrível", disse sua presidente, a atriz suíça Marthe Keller.

Outros quatro prêmios foram atribuídos nesta seção, que teve 18 filmes selecionados de 20 países diferentes, sete deles primeiros filmes.

O japonês Fukada Koji recebeu o prêmio do júri por "Harmonium" e o ator e diretor americano Matt Ross, o de direção por "Captain Fantastic".

As irmãs francesas Delphine e Muriel Coulin faturaram o prêmio de melhor roteiro por "Voir du Pays" e o filme de animação "A tartaruga vermelha" (tradução livre), do holandês Michael Dudok De Wit, o prêmio especial.

Um Certo Olhar (Un Certain Regard, no original) é uma das mostras oficiais do Festival de Cannes, paralela à competitiva.

Em 2015, o prêmio foi concedido a "Hrutar", do diretor islandês Grimur Hakonarson.

Estes prêmios são concedidos 24 horas antes do anúncio da lista de premiados e dos contemplados com a Palma de Ouro.

fbe-slb/fmi/ct/eg/jz/mvv