Entretenimento

Carolina do Norte reduz alcance de lei antitransgênero

12/04/2016 19h46

Washington, 12 Abr 2016 (AFP) - A Carolina do Norte voltou atrás nessa terça-feira em uma lei considerada discriminatória com a comunidade transgênero. O governador desse estado do sudeste americano cedeu ao boicote de cada vez mais celebridades e empresas.

Em uma mensagem de vídeo, o governador republicano Pat McCrory disse que restringiu por decreto o alcance do polêmico texto, promulgado no final de março. A legislação obriga as pessoas a usarem banheiros públicos que correspondam a seu sexo de nascimento, e não à sua identidade de gênero.

A lei continua sendo válida nas escolas e nos prédios públicos, afirmou McCrory.

"O setor privado é livre para aplicar suas próprias regras em relação aos banheiros, aos vestiários e aos chuveiros", acrescentou.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Entretenimento

Topo