Topo

Entretenimento

Iris Apfel, estrela nonagenária da publicidade, é sensação na Semana da Moda de Paris

07/03/2016 15h27

Paris, 7 Mar 2016 (AFP) - Solicitada pelos publicitários, onipresente na primeira fila dos desfiles, aos 94 anos, com seus óculos enormes e suas joias multicoloridas, a nova-iorquina Iris Apfel causa sensação na Semana da Moda de Paris.

Estrela de uma exposição na loja de departamentos parisiense Au Bon Marché e de um anúncio para a Citroen, a excêntrica decoradora de interiores foi vista na primeira fila dos desfiles de Dries Van Noten, Rick Owens e Dior.

"Um dia me disseram: não é linda e nunca será. Mas não importa. Tem algo muito mais importante, que é o estilo", conta.

Nascida em 1921 em uma família judia dona de uma loja no bairro popular de Astoria (Queens), estudou história da arte na Universidade de Nova York.

Como decoradora, participou de trabalhos de renovação da Casa Branca para nove presidentes dos Estados Unidos, de Truman a Clinton.

Iris chama a si mesma a "estrela geriátrica" e a revista especializada em moda WWD dedica sua capa a ela. Além dos desfiles em Paris, visitou a exposição dedicada à condessa Greffulhe, no museu da moda.

"É uma ídolo e uma fonte de inspiração infinita para mim", disse Dries Van Noten. O estilista belga demonstrou toda o seu apreço ao dizer a Iris que estava pensando nela quando criou sua última coleção.

"Queria que todo mundo pudesse viver como ela, com graça e estilo. Usa as roupas mais incrível e jamais duas vezes a mesma".

Não temer os númerosEssa figura do mundo da moda novaiorquino foi objeto em 2014 de um documentário realizado por Albert Maysles chamado "Iris". Em 2015 perdeu seu marido, Carl, figurão da indústria têxtil que morreu aos 100 anos, 67 deles vividos com Iris Apfel.

Adepta dos looks coloridos e excêntricos, Iris incentivou as mulheres a "se afastar do uniforme de calças ou jeans pretos com pulôveres, botas e bolsa de couro". Temos que "ousar ser diferentes", disse. "Sejam vocês mesmas, assumam sua individualidade".

"Se usam algo que não funciona, não se preocupem, a polícia da moda não vai detê-las", brinca.

Há décadas essa fashionista acumulou uma coleção de roupas dos melhores estilistas do século XX em seu apartamento de dois andares em Park Avenue.

Em 2005 o Met de Nova York montou uma retrospectiva de seu guarda-roupa. Apfel admite que gosta de comprar joias tanto em lojas baratas do Harlem como na Tiffany's.

O segredo do sucesso para ser feliz na vida, diz, é nunca deixar de trabalhar. "É o que eu fiz", explica em uma recepção em sua honra na embaixada dos Estados Unidos.

"Temos que provar sem parar coisas novas, e não nos deixar assustar pela idade nem pelos números".

fg/ltl.zm/cr/mvv

SOCIETE D'EDITION DE CANAL +

TIFFANY & CO

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento