Entretenimento

Quatro americanos detidos no Bahrein

15/02/2016 14h48

Dubai, 15 Fev 2016 (AFP) - As autoridades de Manama anunciaram nesta segunda-feira que quatro americanos, entre eles jornalistas, foram detidos no Bahrein no domingo, dia do quinto aniversário da revolta de 14 de fevereiro neste pequeno reino do Golfo.

Entre eles também há uma mulher, destacou um comunicado da polícia.

"Estamos cientes das informações sobre os quatro americanos presos", declarou o porta-voz do departamento do Estado americano. "Não faremos comentários por considerações de ordem privada", acrescentou.

No comunicado, a polícia de Manama não indicou a identidade dos quatro detidos. Também não deu informação alguma a respeito dos meios informativos para os quais trabalham jornalistas.

Foram capturados em Sitra, um subúrbio de Manama de maioria xiita, um dos feudos da oposição contra a dinastia sunita no poder em Bahrein.

Um dos quatro americanos estava com o rosto coberto "enquanto participava, em Sintra, dos tumultos e ataques contra as forças de segurança, junto a um grupo de sabotadores", afirmou a polícia.

Os outros três foram detidos em uma barreira policial no mesmo setor, acrescentou a mesma fonte.

Os quatro entraram no país entre 11 e 12 de fevereiro como turistas. Alguns deles "exerceram práticas jornalísticas sem autorização", explicou a polícia de Manama, que os acusa de "haver cometido atos contrários à lei".

Há cinco anos, o reino de Bahrein, que acolhe a Quinta Frota dos Estados Unidos, sofre distúrbios esporádicos nas localidades xiitas próximas à capital. Estas manifestações são sistematicamente reprimidas pela polícia.

Em 14 de fevereiro de 2011, Bahrein viveu sua própria Primavera Árabe. A maioria xiita impulsionou um movimento de contestação para pedir por reformas e pelo reconhecimento de seus direitos políticos ao líder da dinastia sunita al-Khalifa.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo