Entretenimento

Eagles of Death Metal, a banda que tocava no Bataclan na hora do ataque

13/11/2015 23h44

Nova York, 14 Nov 2015 (AFP) - Em meio ao terror da noite desta sexta-feira, em Paris, a aumentaram as tensões pela segurança de uma banda de rock americana, cujo concerto foi interrompido por uma onda de ataques sem precedentes na capital francesa, com explosões e disparos.

A banda Eagles of Death Metal tocava na casa de shows parisiense Bataclan, onde a polícia informou terem ocorrido ao menos 100 mortes.

"Nós ainda estamos tentando descobrir o paradeiro e estado da nossa banda e equipe", segundo declaração na página do grupo no Facebook.

"Nossos pensamentos estão com todas as pessoas afetadas por esta trágica situação", destacou.

O Eagles of Death Metal é um grupo de garage rock criado na Califórnia, que tocou com alguns dos músicos mais famosos.

Seus membros fundadores são Jesse Hughes e Josh Homme - de 43 e 42 anos, respectivamente -, dois amigos de toda a vida que, em 1998, decidiram dar um passo a mais em sua amizade e se unir musicalmente.

Homme também é vocalista da aclamada banda de rock "Queens of the Stone Age".

Os dois decidiram se chamar Eagles of Death Metal, ao considerar que sua música está no meio do caminho entre o death metal e o som dos Eagles, uma das bandas americanas mais conhecidas do folk e do country rock, mundialmente conhecida com a canção "Hotel California".

Sua sonoridade particular os levou a tocar com Dave Grohl, vocalista e guitarrista do Foo Fighters e ex-baterista do Nirvana, e o ator e músico Jack Black.

As letras e shows da banda são, por vezes, considerados lascivos e libertinos, fiéis ao lema "sexo, drogas e rock'n'roll".

Longe de querer evitar polêmicas, Homme é famoso por seus comentários politicamente incorretos e por haver admitido ter posse de armas.

"Um dos meus hobbies é ser insolente, eu gosto de falar mal", disse no ano passado ao portal de música JamBase.

A banda está em turnê pela Europa para promover seu novo álbum "Zipper Down", o primeiro que produzem nos últimos sete anos.

Hughes descreveu o anterior, "Heart On" (2008), como uma mescla de metáforas militares e românticas, uma espécie de "música míssil".

Fontes policiais asseguraram que ao menos 100 pessoas morreram no Bataclan, foi vítimas, nesta sexta-feira, de uma onda de ataques terroristas.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Entretenimento

Topo