Entretenimento

Morre acadêmico francês René Girard

05/11/2015 01h10

Los Angeles, 5 Nov 2015 (AFP) - O acadêmico francês René Girard, eminente teórico conhecido como "o novo Darwin das ciências humanas", faleceu nesta quarta-feira, aos 91 anos, nos Estados Unidos, anunciou a universidade de Stanford, onde lecionou durante muitos anos.

"O professor francês de Stanford, um dos 40 'imortais' da prestigiosa Academia francesa, faleceu em sua residência de Stanford nesta quarta-feira, após uma longa doença", informou a universidade californiana em um comunicado.

Seus livros traduzidos em todo o mundo "ofereceram uma visão audaz e vasta da natureza, da história e do destino humano", acrescentou a universidade.

René Girard iniciou sua carreira como teórico de literatura, fascinado por todas as ciências sociais: história, antropologia, sociologia, filosofia, religião, psicologia e teologia.

"Influenciou escritores como o prêmio Nobel J.M. Coetzee e o tcheco Milan Kundera, apesar de não ter a fama de seus pares estruturalistas, pós-estruturalistas e outros".

Nascido no Natal de 1923 em Avignon, Girard escreveu muito sobre a diversidade e a unidade das religiões.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Entretenimento

Topo