Topo

Entretenimento

Microsoft limitará armazenamento virtual após abuso de internautas

03/11/2015 22h34

Washington, 4 Nov 2015 (AFP) - A Microsoft decidiu cancelar sua oferta de uso ilimitado de armazenamento na nuvem, afirmando que um pequeno número de usuários abusou do sistema.

"Desde que começamos a desenvolver o arquivo virtual ilimitado no Office 365 para consumidores assinantes, um pequeno número de usuários salvou vários PCs e armazenou coleções inteiras de filmes e gravações de DVR", informou a Microsoft, em nota divulgada nesta segunda-feira.

Em alguns casos, usuários arquivaram mais de 75 terabytes, "ou 14.000 vezes a média", em seu serviço para clientes virtuais chamado OneDrive.

"Em lugar de nos concentrarmos nas opções de armazenamento extremo, queremos permanecer focados em fornecer produtividade de alta gama e experiências cooperativas que beneficiem a maioria dos usuários do OneDrive", anunciou a Microsoft.

Pondo fim ao plano de arquivo ilimitado para assinantes do Office 365 Home, Personal, ou University, a oferta será de um terabyte.

O livre armazenamento para outros usuários do OneDrive será reduzido de 15 gigabytes para cinco gigabytes. Agora, a empresa vai oferecer um plano de 50 gigabytes por 1,99 dólar por mês, eliminando os planos pagos por 100 GB e 200 GB.

Essas mudanças começam a valer a partir do início de 2016, anunciou a Microsoft.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento