Topo

Entretenimento

Katy Perry e filha de Raúl Castro passearam por Havana

16/10/2015 21h44

Havana, 17 Out 2015 (AFP) - A cantora e compositora norte-americana Katy Perry e a sexóloga Mariela Castro, filha do presidente cubano Raúl Castro, visitaram juntas na noite de quinta-feira um bar privado em Havana - informou nesta sexta-feira a gerente do lugar.

Perry e Mariela, ambas defensoras dos direitos das comunidades LGBT em seus respectivos países, "se reuniram no bar e conversara, por mais de uma hora", disse à AFP a gerente do Sarao's Bar, localizado no bairro central de Vedado.

"Não consumiram nada, apenas conversaram e tiraram fotos", disse a mulher, que preferiu o anonimato.

O Centro Nacional de Educação Sexual (Cenesex), dirigido por Mariela, postou em sua página no Facebook uma dúzia de fotos da visita ao bar sem fazer comentários, e destacou uma frase pronunciada durante a noite por Perry: "Somos todos iguais, na América e em Cuba".

Perry, um dos fenômenos mais recentes da nova onda de pop americana, visitou Havana duas vezes esta semana.

Ele voltou à ilha na quarta-feira depois de um show em Porto Rico para continuar a visita tinha começado no fim de semana.

Perry uniu-se a um grupo de estrelas de renome internacional, incluindo Rihanna e Mick Jagger, que visitou Cuba nos últimos meses após o degelo histórico com os Estados Unidos, o que levou os dois países a retomarem os laços diplomáticos após meio século de ruptura.

Impulsora de uma cruzada contra a homofobia na ilha comunista, Mariela tentou, sem sucesso, promover a legalização das uniões entre pessoas do mesmo sexo em um país onde os homossexuais foram perseguidos após a revolução de 1959.

Mais Entretenimento