Entretenimento

Murdoch se desculpa por sugerir que Obama não é um 'presidente realmente negro'

08/10/2015 16h22

Nova York, 8 Out 2015 (AFP) - O magnata dos meios de comunicação Rupert Murdoch teve que se desculpar nesta quinta-feira após ter sugerido que o presidente americano Barack Obama não é "um presidente realmente negro".

Em um tuíte publicado na quarta-feira à noite na sua conta @rupertmurdoch, o dono da News Corporation afirmou que um dos candidatos republicanos à Casa Branca para as eleições de 2016, Ben Carson, seria um "presidente realmente negro que pode tratar corretamente da divisão racial" nos Estados Unidos.

A mensagem, que teve mais de 1,3 mil retweets e cerca de 1,2 mil menções, questionava assim a identidade racial do atual líder americano ao compará-lo com o político oriundo de Detroit (Michigan), o que provocou a reação indignada de muitos internautas.

Após a polêmica, Murdoch publicou outro tuíte nesta quinta-feira pela manhã, no qual pediu "desculpas" por seu comentário, assegurando que não queria ofender e explicando que considera os dois homens "encantadores".

Ben Carson defendeu Murdoch, assegurando que o magnata "não é racista" e que "apenas expressou sua opinião", embora tenha deixado claro que, no seu entender, Obama "é negro".

"Todo mundo tem o direito de ter uma opinião. Eu acredito que tenha feito referência ao fato de aqui estar um homem que é um presidente negro sobre quem a comunidade negra estava entusiasmada, que chegou aqui e as políticas não elevaram a comunidade negra, não tem sido benéfico", disse Carson, em declarações à emissora CNN.

"Há mais desemprego, mais pobreza e eu acredito que tenha sido isto a que ele [Murdoch] realmente se referiu", acrescentou.

A questão racial segue sendo um tema muito delicado nos Estados Unidos, que viveu vários casos de brutalidade policial contra negros desde 2014 que provocaram movimentos de protestos no país.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo