Entretenimento

Facebook promete lutar na Alemanha contra mensagens racistas

14/09/2015 17h57

Berlim, 14 Set 2015 (AFP) - A filial do Facebook na Alemanha anunciou nesta segunda-feira novas medidas para lutar contra as mensagens racistas geradas pela chegada de milhares de refugiados ao país nas últimas semanas.

O Facebook Alemanha anunciou em comunicado "três novas medidas para lutar contra o racismo" na rede social, entre elas um acordo com uma organização externa para controlar os conteúdos.

O ministro alemão da Justiça, Heiko Maas, explicou que o objetivo desta força-tarefa é lutar contra as mensagens de ódio. "Nossa intenção é melhorar a gestão das reclamações", ressaltou o ministro.

Trata-se de elaborar eventuais medidas, "se possível de hoje até o fim do ano", afirmou.

Ele pediu ao Facebook que "faça mais para que a rede social não se converta em um pátio de escola para a extrema-direita" e pediu que os comentários racistas sejam apagados imediatamente depois de sua publicação.

A empresa norte-americana informou que apagava "discursos de ódio contra determinados grupos e também convites à violência", mas, segundo Berlim, o Facebook não reage tão rapidamente e muitas postagens passam despercebidas.

A chegada à Alemanha de dezenas de milhares de demandantes de asilo foi acompanhada por grandes manifestações de solidariedade da população, mas também por mensagens de ódio na internet.

Em um vídeo postado na última sexta-feira, Katrin Göring-Eckardt, figura do Partido Verde, leu comentários ofensivos, ordens para deixar o país e ameaças enviadas nas redes sociais. "Façam com que estas mensagens desapareçam", pediu Göring-Eckardt ao Facebook em seu vídeo.

Como um sinal de boa vontade, o grupo concordou em participar de uma rede de controle de conteúdos na Internet, FSM, que incentiva os usuários a denunciarem conteúdos impróprios e conta com especialistas de língua alemã que filtram os comentários ofensivos.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo