Entretenimento

Primeiro filme do Netflix quer conquistar Veneza

05/09/2015 13h16

Veneza, 5 Set 2015 (AFP) - O primeiro filme produzido pelo Netflix, "Beasts of No Nation", sobre crianças soldados na África, quer levar este ano o Leão de Ouro do Festival de Veneza.

O filme, de Cary Fukunaga, que mostra a dura realidade destas crianças através do olhar de um adolescente africano, poderá ser assistido a partir da estreia, em outubro.

O fato de a plataforma americana de TV e cinema pela internet ter conseguido levar seu primeiro filme para o festival mais antigo do mundo representa um giro para uma indústria sacudida por novos modelos econômicos.

Alberto Barbera, diretor da mostra, afirma que não exitou em incluir o filme entre os 21 da competição oficial, alegando que os serviços de difusão pela internet estão se tornando uma fonte de financiamento que não pode ser ignorada.

Os grandes distribuidores americanos se mostraram menos abertos do que Barbera e se negaram a exibir o filme, por considerarem que sua divulgação simultânea na internet ameaça o futuro das salas de cinema.

As imagens fortes do filme teriam limitado, de qualquer forma, sua exibição aos cinemas independentes, mas o problema pode ser maior para os distribuidores clássicos, à medida que aumentarem as produções das plataformas pela internet.

O Netflix assinou um contrato de quatro filmes com Adam Sandler, e produziu uma sequência de "O Tigre e o Dragão", filme de Ang Lee que teve grande sucesso em 2000.

Já o Amazon Prime, serviço de streaming da gigante do comércio eletrônico, encarregou Spike Lee de dirigir "Chiraq", uma comédia musical sobre a criminalidade em Chicago.

- Chegar ao maior número de pessoas -Para Fukunaga, que trabalhava há 10 anos em um projeto de filme sobre as crianças soldados, "o Netflix chegou como um padrinho, com uma oferta irrecusável".

"Claro que eu gostaria de que o filme fosse visto no cinema, mas gostaria, principalmente, de que este filme chegasse ao maior número possível de pessoas", disse à AFP. Neste aspecto, os 65 milhões de assinantes do Netflix oferecem mais garantias do que uma estreia nos cinemas.

"Beasts of No Nations", filmado em Gana, conta a história de Abu, um jovem cuja existência alegre no seio de uma família carinhosa muda completamente com a chegada a seu povoado das tropas do governo, que lutam contra rebeldes, em um país africano não especificado.

A mãe e a irmã de Abu são enviadas para uma cidade próxima, e o pai e o irmão dele morrem diante de seus olhos. Abu consegue escapar por pouco, antes de ser capturado pelo grupo de rebeldes do "Comandante", um homem carismático interpretado por Idris Elba, que o acolhe.

A inocência de Abu é perdida rapidamente em meio à violência cotidiana, e numa iniciação que termina quando o adolescente obedece a ordens de seus superiores e executa um estudante com um sabre.

Apesar da violência de algumas cenas, o filme agradou à crítica. "Ele está longe de ser tão violento quanto a realidade", diz Fukunaga.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo