Entretenimento

Templo de Palmira intacto após explosão, afirma governo sírio

31/08/2015 09h23

Damasco, 31 Ago 2015 (AFP) - Uma explosão foi registrada no domingo no pátio do templo de Bel na cidade antiga de Palmira, na Síria, mas a estrutura do edifício e a colunata frontal parecem intactas, afirmou nesta segunda-feira à AFP o diretor de Antiguidades e Museus do país.

O Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH) e militantes afirmaram mais cedo que os jihadistas do grupo Estado Islâmico (EI) explodiram uma parte do templo de Bel, o mais importante deste conjunto arqueológico considerado patrimônio da humanidade.

"Segundo as informações que recebemos, os jihadistas do EI provocaram uma explosão no domingo no pátio do templo, mas a parte fechada e a colunata frontal estão intactas", declarou Maamun Abdelkarim, diretor de Antiguidades.

"O pátio é imenso, tem 43.000 metros quadrados, e os funcionários dos serviços de Antiguidades não foram autorizados pelos jihadistas a aproximar-se", afirmou.

Palmira, que fica na província de Homs, região central da Síria, é considerada patrimônio da humanidade pela Unesco. A localidade foi conquistada em maio pelo EI, que destruiu várias joias arqueológicas no Iraque, país vizinho da Síria, no qual também está bem implantado.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo