Entretenimento

Ministro alemão da Justiça pede ao Facebook que apague mensagens racistas

27/08/2015 12h32

Berlim, 27 Ago 2015 (AFP) - O ministro alemão da Justiça, Heiko Maas, escreveu uma carta ao Facebook na qual pede a eliminação das mensagens racistas publicadas na rede social, informa o jornal Tagesspiegel.

Na carta, o ministro convida os diretores do Facebook para uma conversa sobre as "possibilidades de melhorar a eficácia e transparência" da rede social sobre este tema.

De fato, em suas regras, o Facebook se compromete a eliminar "qualquer discurso que incite o ódio", principalmente qualquer conteúdo com um ataque direto a pessoas por sua raça, etnia, origem, religião, orientação sexual ou doença. A rede social, inclusive, estimula que os usuários denunciem este tipo de mensagem.

Mas de acordo com Maas os usuários criticam o fato da rede não eliminar certas mensagens denunciadas, apesar de serem abertamente racistas e xenófobas. O ministério da Justiça afirma receber queixas de cidadãos sobre mensagens de ódio no Facebook.

A Alemanha vive um momento tenso à espera da chegada recorde de 800.000 refugiados este ano. Os ataques xenófobos contra os centros de recepção registraram um aumento considerável.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo