Entretenimento

Nintendo passa por transformações, mas não abandonará Mario

16/06/2015 18h01

Los Angeles, 16 Jun 2015 (AFP) - A fabricante de videogames Nintendo apostou nos fãs de "Super Mario" durante o Electronic Entertainment Expo (E3), maior salão mundial sobre videogames, em Los Angeles, mas também apresentou algumas alterações para ganhar impulso ante os rivais Playstation e Xbox.

"Se a longevidade dos jogos da Nintendo tem um segredo, é sua transformação", afirmou o presidente da Nintendo America, Reggie Fils-Aimé, em uma conferência online antes do início do grande evento internacional E3, que começou nesta terça-feira no centro de conferências de Los Angeles.

Fils-Aimé disse que as mudanças incluem ampliar a marca Nintendo em parques de diversões e dispositivos móveis. Ele também mencionou uma plataforma de jogos misteriosa sobre a qual, segundo ele, serão dados mais detalhes no ano que vem.

Os consoles Xbox e PlayStation, dos concorrentes Microsoft e Sony, já fizeram duas grandes apresentações na segunda-feira durante o evento de videogames.

Ambas são conhecidas por seus jogos de ação com imagens de qualidade de cinema, enquanto a Nintendo construiu sua clientela com estéticas mais lúdicas e mais próximas dos desenhos animados, como Mario ou Zelda.

A Nintendo tem sido criticada por se recusar até agora a conceder licenças de suas emblemáticas marcas para produtos e aplicativos para dispositivos móveis.

Como sinal de que o grupo japonês está disposto a liberar um pouco de lastro, Fils-Aimé anunciou uma parceria com a produtora americana de videogames Activision, a fim de adicionar os personagens de "Donkey Kong" e "Bowser" a sua gama de jogos de sucesso Skylanders.

A Nintendo também anunciou que celebrou o 30º aniversário de sua principal marca "Super Mario" com o lançamento, em setembro, de uma nova versão que permitirá aos usuários criarem seus próprios níveis no jogo.

A empresa também criou um site, LetsSuperMario.com, com o objetivo de possibilitar que os fãs possam postar vídeos em homenagem ao pequeno encanador.

A Nintendo, que se concentrou no fornecimento de consoles tridimensionais como o Wii U e perdeu terreno no mercado de tablets e smartphones, também espera corrigir esta situação investindo mais em jogos para dispositivos móveis.



gc/rl/ved/faa/lm/ll/mm

NINTENDO

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo