Entretenimento

Reis da Espanha iniciam visita de Estado à França

02/06/2015 13h05

Paris, 2 Jun 2015 (AFP) - Os reis da Espanha Felipe VI e Letizia iniciaram nesta terça-feira uma visita de Estado de três dias à França, onde foram recebidos pelo presidente François Hollande em uma cerimônia solene no Arco do Triunfo de Paris.

Depois da tradicional saudação à bandeira, Felipe VI e o presidente Hollande depositaram flores com as cores de ambos os países ante o túmulo do soldado desconhecido.

Após a cerimônia, os reis se dirigiram ao palácio presidencial, escoltados pela Guarda Republicana pelas ruas de Paris, enfeitadas com as bandeiras dos dois países.

A ministra francesa de Ecologia, Ségolêne Royal, participou da cerimônia e acompanhou a rainha após a entrada no Eliseu.

Os reis e Hollande mantiveram uma reunião de mais de uma hora no palácio presidencial, de onde Felipe VI e Letizia partiram às 12h00 GMT (09h00 de Brasília) sem fazer declarações.

Esta visita estava prevista inicialmente para março, mas foi cancelada pouco depois da chegada dos reis devido a um acidente com um Airbus da companhia Germanwings que caiu nos Alpes franceses, no qual 50 espanhóis morreram.

Esta é a primeira visita de Estado de Felipe VI ao exterior desde que chegou ao trono, após a abdicação de seu pai, o rei Juan Carlos, em junho de 2014, e seu início coincide com o primeiro aniversário do anúncio desta abdicação.

Após a reunião no Eliseu, os reis e o presidente francês visitarão a exposição "Velázquez e o triunfo da pintura espanhola", que reúne mais de 50 obras do mestre sevilhano no Grand Palais de Paris e que eles deveriam ter inaugurado em 24 de março, na véspera da abertura ao público.

Hollande e Felipe VI também condecorarão os principais responsáveis e organizadores das operações de socorro após o acidente do Airbus.

Um jantar de gala em homenagem aos reis da Espanha será oferecido à noite no Eliseu.

Na quarta-feira o rei e a prefeita de Paris, Anne Hidalgo, inaugurarão um jardim ao lado da prefeitura que foi batizado de "Jardim dos Combatentes da Nove", a companhia de soldados espanhóis que participou da Libertação de Paris em agosto de 1944 e que foram os primeiros a entrar na capital francesa e chegar à praça da prefeitura.

Após uma visita ao Senado e um almoço com o primeiro-ministro Manuel Valls, Felipe VI pronunciará na tarde de quarta-feira um discurso na Assembleia Nacional (Câmara Baixa do Parlamento).

Este discurso, feito em francês, será um dos momentos mais importantes da visita real, como foi em 1993 o pronunciado por seu pai, o rei Juan Carlos.

Na quinta-feira as atividades do rei se dividirão entre economia e cultura.

Felipe VI tomará um café da manhã de trabalho com líderes de dez empresas espanholas implantadas na França e de dez empresas francesas implantadas na Espanha.

Depois se reunirá no Instituto Cervantes de Paris com vinte hispanistas franceses e encerrará um fórum econômico.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo