PUBLICIDADE
Topo

Adaptação de 'Macbeth' encerra competição oficial de Cannes

23/05/2015 13h21

Cannes, França, 23 Mai 2015 (AFP) - Sangue, neblina escocesa, música onipresente e as estrelas Michael Fassbender e Marion Cotillard: o australiano Justin Kurzel entrou neste sábado na competição de Cannes com um "Macbeth" visualmente suntuoso.

Depois de Orson Welles, Akira Kurosawa e Roman Polanski, o diretor australiano aborda a monumental obra de Shakespeare em um ambiente filmado com virtuosismo.

Rodado principalmente na Escócia, "Macbeth" submerge o espectador nas paisagens selvagens entre colinas cobertas de névoa para contar a história de ambição e violência assassina do chefe militar Macbeth e sua esposa Lady Macbeth, que enlouquecem após terem assassinado o rei Duncan.

"Nosso maior desafio era conseguir fazer com que essa história entrasse no cinema", explicou Justin Kurzel à imprensa.

"A forma com que a paisagem transforma a tragédia com personagens que se sentem muito pequenos, como nos grandes westerns", foi um dos motores do filme, completou.

"Como australiano, habituado a amplas paisagens, tenho uma conexão especial com o que representam", afirmou.

Justin Kurzel passa das batalhas de violência estilizada, filmadas em câmera lenta, estranha iluminação e uma música por vezes ensurdecedora, a cenas de intimidade muitas vezes sussurradas.

O ator alemão-irlandês Michael Fassbender ("Doze anos de escravidão") e a francesa Marion Cotillard, que comparecem à competição oficial em Cannes pelo quarto ano consecutivo, interpretam Macbeth e Lady Macbeth.

Justin Kurzel os apresenta como um dupla marcada pelo luto de um filho, em sua leitura particular da tragédia. O filme foi o último exibido dos 19 que competem pela Palma de Ouro, prêmio máximo do festival que será anunciado neste domingo.