PUBLICIDADE
Topo

Nova York comemora abertura do novo mirante do World Trade Center

22/05/2015 15h52

Nova York, 22 Mai 2015 (AFP) - Símbolo do renascimento do sul de Manhattan, quase 14 anos após os ataques de 11 de setembro, o novo World Trade Center (WTC) abre ao público, no próximo 29 de maio, seu mirante - com uma vista deslumbrante de Nova York e seus arredores.

"É um renascimento. Estamos de volta 100%. Viramos a página de uma vez por todas", afirmou na última quarta-feira o prefeito da cidade, Bill de Blasio, falando do observatório localizado no piso 100, 101 e 102 da referida e emblemática torre do novo complexo, o One World Trade Center.

São esperados entre três e quatro milhões de visitantes no primeiro ano.

A mais de 380 metros de altura, com vista panorâmica de 360 graus, quem sobre pode admirar todos os monumentos e parques famosos de Nova York - da Estátua da Liberdade ao sul até o Empire State Building e o Central Park ao norte, passando pela Ponte do Brooklyn ao leste.

As torres também dominam a partir daí um bairro revitalizado e reconstruído após a destruição causada pelos ataques de 2001, quando dois aviões foram sequestrados por terroristas e colidiram contra as torres gêmeas do WTC. Os edifícios desabaram e 3.000 pessoas morreram.

Em um dia claro a visibilidade chega a 80 quilômetros, segundo David Checketts, presidente da "Legends", empresa que opera o lugar.

"Dá para começar a ver a curva da Terra", disse à AFP Checketts quarta-feira durante uma visita.

O elevador - um dos mais rápidos do mundo, leva 47 segundos para chegar ao mirante - é uma viagem através da história onde desfilam imagens que mostram a transformação de Nova York com o passar dos anos, da área de pântano do século XVI até a presente metrópole cheia de arranha-céus.





- Um filme tridimensional -



O mirante principal fica no piso 100. No piso superior os visitantes encontrarão um café, um restaurante e um lugar de pratos grelhados.

No andar 102 os visitantes verão um filme tridimensional na cidade que nunca dorme. Os painéis, em seguida, se levantam e permitem descobrir Nova York através de janelas que vão do chão ao teto.

"É uma vista que muitas pessoas pensaram que nunca iriam ver. Isso mostra a capacidade de resistência dos norte-americanos e nova-iorquinos, que reconstruíram as torres de maneira espetacular", ressaltou Checketts.

A entrada vai custar 32 dólares (cerca de 90 reais) para adultos, 30 para maiores de 65 anos e 26 para crianças. Parentes das vítimas do 11 de setembro e das equipes envolvidas nas operações de resgate têm acesso gratuito.

Ficará aberto diariamente das 9h até meia-noite até 7 de setembro, depois, funcionará das 9h às 20h até 5 de maio de 2016.

A One WTC, torre envidraçada construída no local dos ataques em Manhattan, é a mais alta do hemisfério ocidental, com uma antena que culmina em 541 metros.

Foi concluída no final de 2014 e os primeiros ocupantes mudaram-se para seus escritórios em novembro passado.

Para entrar no mirante, os visitantes devem passar controles semelhantes aos de segurança dos aeroportos.

A nova atração de Nova York compete com outros dois mirantes muito famosos: o do Empire State Building, visitado no ano passado por 3 milhões de pessoas, e o do Rockefeller Center, "Top of the Rock", por onde passaram 2,5 milhões de pessoas em 2014.



bd-mar/lm/mm