PUBLICIDADE
Topo

Busca com termos racistas no Google Maps leva à Casa Branca

21/05/2015 00h15

San Francisco, 21 Mai 2015 (AFP) - O Google Maps se desculpou nesta quarta-feira após constatar que buscas utilizando termos racistas apontavam a localização da Casa Branca, residência do presidente americano, Barack Obama.

A questão veio à luz após se perceber que a combinação de uma frase racista com a palavra casa (house) informava a localização da Casa Branca no Google Maps.

Uma busca da AFP na noite desta quarta-feira no Google Maps, utilizando uma variação da frase racista, resultou na localização da Casa Branca com a descrição: "residência emblemática do presidente americano".

Não está claro se o resultado é produto de um algoritmo de busca equivocado ou provocado por um usuário que aproveitou a ampla capacidade de edição destinada a melhorar os mapas com informações locais.

"Estão surgindo alguns resultados impróprios no Google Maps que não deveriam, e nos desculpamos por qualquer ofensa que isto possa causar", disse o gigante da Internet em um comunicado.

"Nossas equipes estão trabalhando para resolver este tema rapidamente".



gc/lr

GOOGLE