PUBLICIDADE
Topo

Sem mercado digital único, 'Amazon, Google, Microsoft decidirão', diz comissário europeu

17/05/2015 15h10

Cannes, França, 17 Mai 2015 (AFP) - O comissário europeu de Economia Digital, Gunther Oettinger, afirmou neste domingo em Cannes que a Europa precisa de um mercado digital único que a proteja dos gigantes mundiais da rede como Amazon, Google ou Microsoft.

Sem um mercado digital único, "serão Amazon, Google, Microsoft os que decidirão", disse Gunther Oettinger em um encontro sobre os direitos autorais organizado no âmbito do festival de Cannes.

A Comissão Europeia apresentou no início de maio um ambicioso plano de ação para criar um mercado único digital, cujos detalhes serão divulgados progressivamente até o fim de 2016.

A França, que fornece sua contribuição à elaboração deste projeto, mostra-se muito vigilante sobretudo no que se refere aos direitos autorais.

"A comissão não forma parte do problema, quer se posicionar como parte da solução", disse Junther Oettinger diante de representantes do mundo da cultura, produtores, cineastas, editores ou artistas.

"Precisamos de nossa própria supremacia digital", declarou Oettinger, ao mencionar os grandes mercados competidores, como Estados Unidos ou Ásia.

No que se refere aos direitos autorais, e que Bruxelas também pretende reformar, o comissário defendeu um "único copyright europeu sem que os 28 precisem entrar em acordo".

"O direito autoral europeu não está atualizado, foi criado em 2001, estávamos na era analógica", disse.

Ao término do encontro, o comissário se reuniu com os cineastas Michel Hazanavicius e Costa-Gavras para falar com eles da luta contra a pirataria, outro capítulo da reforma.

"Será um componente essencial de nossas futuras propostas", declarou à imprensa ao término deste encontro, no qual anunciou que haverá uma "reunião com os cineastas em setembro ou outubro".

fio/fmi/ggy/af/ltl/pc/MA

AMAZON.COM

GOOGLE

MICROSOFT