PUBLICIDADE
Topo

Rothko vendido por quase US$ 82 mi em leilão da Christie's

13/05/2015 23h52

Nova York, 14 Mai 2015 (AFP) - Um quadro do americano Mark Rothko foi arrematado nesta quarta-feira por quase 82 milhões de dólares no leilão de arte contemporânea e de pós-guerra da Casa Christie's em Nova York.

"Número 10", pintado em 1958 por Rothko, obteve exatamente 81,92 milhões de dólares, quase dobrando a estimativa de 45 milhões de dólares e ficando muito próximo do recorde de 86,88 milhões pagos por "Orange, Red, Yellow", em maio de 2012.

Na terça-feira, outro Rothko - "Untitled, (Yellow and Blue)" - foi leiloado na Sotheby's de Nova York por 46,5 milhões de dólares.

Além de Rothko, outra estrela do leilão desta quarta-feira na Christie's foi o germano-britânico Lucian Freud, cujo "Benefits Supervisor Resting" obteve 56,16 milhões de dólares, um recorde para o artista.

No total, foram arrematados 72 dos 82 lotes oferecidos, totalizando 658,53 milhões de dólares.

Na segunda-feira, "Les Femmes d'Alger (Versão O)", do pintor Pablo Picasso, foi arrematado pelo preço recorde de 179,3 milhões de dólares no leilão da Christie's de Nova York, superando o recorde absoluto que pertencia a "Três estudos de Lucian Freud", de Francis Bacon, vendido por 142,4 milhões de dólares também pela Christie's, em 2013, em Nova York.