PUBLICIDADE
Topo

Descobertos na Argentina restos ósseos humanos de mais de 1.200 anos

09/05/2015 18h37

Buenos Aires, 9 Mai 2015 (AFP) - Restos ósseos humanos e elementos arqueológicos, que podem datar de "entre 1.200 e 1.400 anos atrás", foram encontrados por agentes da Gendarmeria (polícia militar) na província argentina de San Juan (oeste) - informou a corporação neste sábado.

"Este material arqueológico pertenceria a uma civilização de povos nativos conhecida como 'Angualasto', que antigamente povoava a zona da Cordilheira (de los Andes) sanjuanina", de acordo com a nota.

A descoberta aconteceu durante a patrulha dos agentes, na localidade de Rodeo e em um caminho paralelo a um curso d'água. Eles se depararam com quatro crânios humanos e outros ossos (fêmur e parte da bacia), que estavam espalhados.

Também descobriram vasos com desenhos pré-históricos e uma pedra conhecida como "Canana".