PUBLICIDADE
Topo

Possível tesouro de pirata famoso é encontrado em Madagascar

07/05/2015 13h16

Sainte Marie, Madagascar, 7 Mai 2015 (AFP) - Uma equipe de exploradores americanos dirigida pelo arqueólogo Barry Clifford recuperou nesta quinta-feira perto da costa da ilha de Sainte-Marie, no nordeste de Madagascar, o que pode ser uma peça do tesouro naufragado de um famoso pirata escocês do século XII, William Kidd.

Foi o próprio Barry Clifford quem levou à superfície uma barra de prata de 50 quilos, entregando-a ao presidente malgaxe Hery Rajaonarimampianina, que acompanhou o acontecimento junto a membros de seu governo e aos embaixadores de Estados Unidos e Grã-Bretanha.

"Para mim, é a prova irrefutável de que temos diante de nós o tesouro do (barco) Adventure Galley do Capitão William Kidd", indicou o arqueólogo independente John de Bry, que chegou para ajudar a equipe de exploradores.

"Descobrimos treze navios na baía dos piratas (da ilha Santa María) e trabalhamos em dois deles durante dez semanas: o Fire Dragon e o navio do capitão Kidd, o Adventure Galley", declarou Clifford nesta quinta-feira à imprensa.

William Kidd, conhecido como Capitão Kidd, nasceu em Greenock, na Escócia, em 22 de janeiro de 1645, e morreu enforcado em Londres em 1701. Kidd está presente na literatura de Edgar Poe e na cultura popular americana, assim como em quadrinhos e videogames.

Os caçadores de tesouros do mundo inteiro buscavam suas pilhagens há anos. Kidd, que supostamente perseguia piratas, foi acusado de praticar a pirataria e acabou executado.

tm-cpb/liu/jlb/aoc/jz/ma