PUBLICIDADE
Topo

Morre editor Claude Durand, 1° tradutor francês de "Cem Anos de Solidão"

Editor francês Claude Durand, tradutor das obras de García Marquez - Divulgação
Editor francês Claude Durand, tradutor das obras de García Marquez Imagem: Divulgação

De Paris

07/05/2015 07h38

O editor Claude Durand, conhecido como "imperador Claudio", morreu aos 76 anos em Paris. A informação foi confirmada nesta quinta-feira (7) pela editora Fayard, que ele presidiu por mais de 30 anos.

Durand foi o responsável por descobrir talentos e publicar na França vários autores importantes, como Gabriel García Márquez.

Ao lado da esposa, foi o primeiro tradutor para o francês de "Cem Anos de Solidão".

Como editor renomado, divulgou a obra de Aleksandr Solzhenitsyn ou Michel Houellebecq, tradutor do inglês e espanhol e escritor de uma obra própria, que em 1979 recebeu o prêmio Medicis por "La nuit zoologique".

Nos anos 1980 passou a dirigir a editora Fayard, na qual publicou a obra de escritores como Houllebecq, Ismaïl Kadaré e Guy Debord, assim como livros políticos.