Entretenimento

Erdogan diz que não respeita decisão judicial de libertr jornalistas

Sabah Arar/AFP
28.fev.2015 - Artefatos do século 2 a.C., vindos da área de Mosul, são exibidos durante a reabertura oficial do Museu Nacional do Iraque, na capital Bagdá. Imagem: Sabah Arar/AFP

28/02/2015 12h02

Istambul, 28 Fev 2016 (AFP) - O presidente turco Recep Tayyip Erdogan afirmou neste domingo que não respeita a decisão da Corte Constitucional de libertar dois jornalistas presos por causa de um artigo sobre a entrega de armas de Ancara aos islamitas sírios.

"Não posso aprovar esta decisão. E digo muito claramente: não a respeito", afirmou à imprensa.

"Acredito firmemente na defesa da liberdade de expressão. Mas não acho que a liberdade de expressão possa ser utilizada para atacar o país de forma encoberta. E isso não se trata de liberdade de expressão, e sim de um assunto de espionagem", sentenciou.

Os dois jornalistas turcos foram libertados na sexta-feira.

Can Dündar, redator-chefe do jornal opositor Cumhuriyet, e Erdem Gül, chefe de redação do jornal em Ancara, foram libertados depois que a Corte Constitucional se pronunciou a seu favor, denunciando uma violação dos direitos dos jornalistas.

Os dois jornalistas, firmes opositores ao governo de Recep Tayyip Erdogan, foram acusados de espionagem, divulgação de segredos de Estado e tentativa de golpe de Estado e por isso foram presos no final de novembro.

Concretamente, foram acusados de difundir um artigo e um vídeo que mostram como policiais interceptaram em janeiro de 2014 na fronteira síria caminhões pertencentes aos serviços secretos turcos (MIT), carregados de armas destinadas a rebeldes islamitas na Síria.

A matéria enfureceu Erdogan, que nega qualquer apoio a esses grupos. As autoridades alegaram que os caminhões levavam ajuda para os povoados de língua turca na Síria.

sjw-thm/jh/app/pc/cn

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Entretenimento

Topo