Topo

Entretenimento

Ministro francês pede ação contra recrutamento jihadista na internet

19/02/2015 17h57

Washington, 19 Fev 2015 (AFP) - O ministro francês do Interior Bernard Cezeneuve pediu nesta quinta-feira "melhorar a coordenação na luta contra a propaganda terrorista e o recrutamento na Internet" ao intervir em Washington na cúpula internacional contra a violência extremista.

Cezeneuve irá nesta sexta-feira a São Francisco para se reunir com os responsáveis do Google, Facebook e Twitter para pedir-lhes colaboração contra a propaganda jihadista que inunda as redes.

"Hoje, o terrorismo é difundido e de livre acesso", lamentou o ministro francês, que pediu "operadores coletivos" na internet.

Diante dos 60 países representados no último dia da cúpula internacional contra a violência extremista organizada pela Casa Branca, o ministro se mostrou a favor de uma maior harmonia a nível internacional da "legislação que permite retirar conteúdos ilegais" na rede.

Autoridades de diferentes países alertaram que a organização jihadista Estado Islâmico faz um forte uso das redes sociais para captar adeptos e difundir suas ações, especialmente com vídeos que mostram suas execuções por decapitação e armas de fogo.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento