Topo

Entretenimento

Uber investirá US$ 200 mi para expansão nos mercados emergentes

12/02/2015 09h41

Washington, 12 Fev 2016 (AFP) - O gigante americano Uber anunciou, nesta sexta-feira, que obteve fundos de US$ 200 milhões para estender nos mercados emergentes seu serviço de transporte que enfurece taxistas do mundo todo.

O aporte foi feito pelo grupo investidor LetterOne (L1), liderado por um magnata russo, de acordo com um comunicado conjunto.

"Nossa meta é simples: oferecer um serviço confiável e a preços acessíveis para todos, bastando apertar um botão", disse o chefe executivo da Uber, Travis Kalanick.

"O conhecimento dos mercados emergentes que o L1 tem será crucial para ter acesso a mais cidades e abrir mais possibilidades para usuários e motoristas", acrescentou.

Mikhail Fridman, o multimilionário russo que preside a L1, disse estar entusiasmado com sua associação com a companhia americana.

"A equipe altamente talentosa da diretoria da Uber tem a necessária visão e competência para torná-la uma das companhias mais proeminentes do mundo em negócios tecnológicos", afirmou Fridman, cuja "holding" inclui empresas financeiras, de telecomunicações e de energia.

A base da Uber fica em São Francisco, na Califórnia.

A Uber permite conseguir transporte por um aplicativo de celular. Já se expandiu por mais de 60 países, despertando protestos generalizados de taxistas e autoridades locais.

A empresa está avaliada entre US$ 50 bilhões e US$ 60 bilhões.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento