Entretenimento

Próximo número do Charlie Hebdo será vendido fora da França

09/01/2015 19h43

Paris, 9 Jan 2015 (AFP) - A próxima edição do Charlie Hebdo, o "número dos sobreviventes", como está sendo chamado, será distribuído em outros países além da França, ao menos em Espanha e Suíça, devido à grande demanda do exterior, informaram nesta sexta-feira fontes do setor.

Para o primeiro número após o atentado, que deixou 12 mortos, o semanário satírico imprimirá um milhão de exemplares ao invés dos 60.000 habituais.

A distribuidora MLP fechou um acordo de difusão com as empresas de distribuição de imprensa suíça Naville e a espanhola SGEL, enquanto mantém negociações com outros países, como o Canadá.

Vários países, que não distribuem o semanário francês ou dispõem apenas de alguns poucos exemplares, pedem atualmente milhares, assim como instituições e administrações locais na França, segundo fontes do setor.

O conjunto de atores da área trabalharão gratuitamente e doarão totalmente a renda das vendas ao Charlie Hebdo e às famílias das vítimas.

Este número incluirá os desenhos de toda a equipe, entre eles as ilustrações dos caricaturistas assassinados no atentado: Charb, Cabu, Wolinski, Tignous e Honoré, informou nesta sexta-feira o chefe de redação do jornal, Gérard Biard.

lth-leb/na/tjc/avl/mvv

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Entretenimento

Topo