Topo

Entretenimento

Fotógrafo da AFP na Turquia ganha prêmio da revista Time

22/12/2014 15h52

WASHINGTON, 22 dez 2014 (AFP) - A revista Time premiou, nesta segunda-feira, o fotojornalista da AFP Bulent Kilic como o melhor fotógrafo de agência de 2014 pela força das imagens registradas em sua Turquia natal, na Ucrânia e na fronteira síria.

Ele é o terceiro fotógrafo da AFP a receber o prêmio que, desde 2010, a Time concede a profissionais de excelência fotográfica em serviços noticiosos.

Kilic, de 35 anos, "sistematicamente colocou-se no coração das notícias", destacou a revista, lembrando o momento em que combatentes do Estado Islâmico foram atacados perto de um ponto crítico do povoado de Kobane, perto da fronteira com a Síria.

"Suas fotografias surpreendentes, vívidas e memoráveis capturaram a atenção dos editores de foto em todo o mundo", disse Olivier Laurent, editor do blog de fotos da Time.

Radicado em Istambul, Kilic começou o ano cobrindo os protestos antigovernamentais na Ucrânia e em seguida cobriu a explosão de uma mina de carvão na Turquia, onde morreram 301 pessoas.

Em outubro passado, usando uma teleobjetiva no topo de uma colina na fronteira turco-síria, capturou uma explosão que, segundo a Time, deixa o espectador "boquiaberto": a silhueta de um solitário militante do Estado Islâmico, correndo em meio a uma nuvem de poeira no formato de um cogumelo.

Os outros fotojornalistas da AFP agraciados com o prêmio Time ao melhor fotógrafo de serviço de notícias foram o brasileiro Maurício Lima, em 2010, e o italiano Marco Longari, em 2012.

Em duas ocasiões, fotógrafos da AFP ganharam o prêmio Pulitzer por seus trabalhos: Massud Hossaini, em 2012, e o "freelancer" Javier Manzano, em 2013.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento