Topo

Filmes e séries

Ataques em Paris e Lamar Odom, os mais buscados no Google em 2015

Nick Ut/AP
Sede da Sony Pictures, na Califórnia Imagem: Nick Ut/AP

De Los Angeles

16/12/2014 18h11

San Francisco, 16 dez 2015 (AFP) - Os atentados extremistas em Paris lideraram o ranking de buscas do Google em 2015, junto com o ícone transgênero Caitlyn Jenner e a decadência do ex-jogador da NBA Lamar Odom.

Considerando todas as categorias, a busca mais popular no Google foi por Lamar - o ex-jogador de basquete e ex-marido da celebridade americana Khloe Kardashian -, encontrado inconsciente em um bordel no estado de Nevada (sudoeste dos EUA), em outubro passado.

Mas a cidade de Paris, traumatizada pelos ataques mortais de janeiro e novembro, dominou a busca em várias categorias, de acordo com o ranking de tendências da empresa, publicado pelo 15º ano consecutivo.

"Charlie Hebdo", revista satírica francesa atacada por extremistas islâmicos, foi o tema mais procurado no total, enquanto "Paris" foi o quinto.

Na categoria de notícias em particular, Charlie Hebdo e Paris também dominaram as buscas.

"Dois minutos depois dos ataques mortais em Paris em novembro, a capital francesa buscava informações do atentado em curso em sua cidade", afirma em um comunicado publicado em seu blog nesta quarta-feira.

"Menos de 10 minutos depois, o resto do mundo começou a buscar. Até hoje, vimos mais de 897 milhões de buscas sobre a cidade", acrescentou.

Também na categoria notícias, as buscas mais frequentes, depois de Paris, foram o furacão Patricia, ISIS (sigla em inglês para o grupo Estado Islâmico) e Nepal.

Na lista geral, que inclui todos os itens, ficou em terceiro lugar o jogo de ação online Agar.io, enquanto o trailer do filme fictício "Parque dos Dinossauros", lançado entre maio e junho, apareceu em quarto.

Na lista de indivíduos, Lamar foi seguido pela lutadora Ronda Rousey e a transgênero Caitlyn Jenner, antes conhecida como o ex-campeão olímpico Bruce Jenner.

"Em todo o mundo, ela (Jenner) foi buscada mais de 344 milhões de vezes, e sua história ajudou a dar voz à comunidade transgênero", escreveu o Google.

A quarta celebridade mais procurada foi a cantora britânica Adele e, em quinto lugar, o ator Charlie Sheen, que revelou no mês passado ser HIV positivo.

Quanto aos acontecimentos esportivos, estão a Copa América de futebol, o campeonato de tênis de Wimbledon, o Tour de France, a copa mundial de rúgbi e o Super Bowl americano, nessa ordem.

Na categoria de tecnologia, o iPhone 6S dominou as buscas este ano, seguido de seu rival Samsung Galaxy 6S, do Apple Watch, do iPad Pro e do smartphone LG G4.

bur-rl/ec/lm/cd/mp/tt

GOOGLE

SAMSUNG ELECTRONICS

APPLE INC.